13 agosto 2016

Domingo tem caminhada!


Pessoal!

Neste domingo teremos caminhada na Orla com saída da Rua General Salustiano frente ao número 294.  A partir das 9h30min estaremos  postos!

Compareçam!

Programa em conjunto com o Centro de Yoga Ganesha Puja.

30 julho 2016

Viva Gasômetro cada vez mais atuante!


Enquanto aguardamos a conclusão da reforma da nossa Praça, a Júlio Mesquita, temos promovido diversas ações, entre elas está o momento que mostramos na foto acima quando recebemos amigos "de além mar", amigos indianos! A movimentação toda foi organizada pela coordenadora do programa de Yoga do Viva Gasômetro a Mercedes Bodê e aconteceu no domingo dia 24 de julho, foi um momento lindo!

No domingo dia 31 de julho teremos nova edição da nossa "caminhada com yoga". Desta vez o ponto de encontro será na Rua General Salustiano nº 294. A Gal. Salustiano é a rua que contorna a Praça Júlio Mesquita, do outro lado da Usina do Gasômetro. O horário do encontro será às 9 h 30 min. O percurso da caminhada será na orla do Guaíba em direção ao prédio da Fundação Iberê Camargo, próximo a esse centro cultural -na orla- praticaremos Yoga. 

COMPAREÇAM!

Serão todos e todas muito bem vindos!

08 julho 2016

Domingo tem: "Caminhada e prática de Yoga na Orla do Guaíba"!







Prezados,

Neste domingo a partir das  9 h 45 min estaremos próximos a chaminé da Usina do Gasômetro para dar início a nossa caminhada e também a pratica de Yoga. Apareçam! É só chegar! 
As fotos acima mostram  parte de nossa última ação.
O ação de caminhada é uma ação do Movimento Viva Gasômetro sempre em parceria com o Centro de Yoga Ganesha Puja que tem direção da instrutora Mercedes Bodê.

Compareçam!


02 julho 2016

Neste domingo tem caminhada e prática de Yoga!


Pratica de Yoga na Orla do Guaíba


Jacqueline Sanchotene e Mercedes Bodê,
respectivamente Coordenadora e Vice do Viva Gasômetro

Pessoal!

Enquanto a nossa praça, a Júlio Mesquita, continua em reformas estamos dando andamento em nosso projeto de caminha e prática de Yoga na Orla do Guaíba. A saída da caminhada será junto a chaminé da Usina do Gasômetro, o trajeto será pela orla com a prática de Yoga próximo a curva do Cristal. Quando a Praça Júlio Mesquita estiver pronta voltaremos ao programa "Yoga na Praça".

Toda as ações do Viva Gasômetro que envolvem a prática de Yoga são em parceria com o Centro de Yoga Ganeshapuja dirigido pela consagrada instrutora Mercedes Bodê.

Ficaremos felizes com a presença de todos vocês.

Abraços!

Até breve!

22 junho 2016

Notícias obras Praça Júlio Mesquita ZH

Obras em praça junto ao Gasômetro revelam estrutura do "local mais temido da Capital por 100 anos"

Arqueólogos que trabalham na Praça Júlio Mesquita revelam o alicerce do portão de entrada da cadeia demolida na década de 1960 

Por: Jéssica Rebeca Weber
22/06/2016 - 06h06min | Atualizada em 22/06/2016 - 16h05min


Caminhando pelo canteiro de obras da Praça Júlio Mesquita — área entre a Usina do Gasômetro e a Rua General Salustiano, no Centro Histórico —, o arqueólogo Alberto Tavares aponta para o alicerce de um muro e apresenta:
— Esse foi o local mais temido em Porto Alegre durante cem anos.
Fendas abertas no chão em área que está sendo revitalizada junto às obras da orla mostram a base do portão de entrada da área da Casa de Correção, cadeia que recebeu os primeiros presos em 1855. O local faz parte de um sítio arqueológico que contém elementos do complexo da cadeia, da usina termelétrica (Usina do Gasômetro) e de casas antigas.
— Tudo isso aqui é carregado de história. Provavelmente essas pedras foram assentadas por pessoas escravizadas, por uma mão de obra lá do período do Império — diz.
Com a remoção do presídio, na década de 1960, a fundação ficou aterrada e escondida. Antes de a prefeitura dar ordem de início à revitalização da praça, foi necessário contratar uma equipe de arqueologia, que fará um relatório para o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e encaminhará materiais encontrados no local ao Museu de Porto Alegre, na Cidade Baixa. Ainda não foram encontrados na praça objetos que podem ser relacionados aos presidiários, apenas louças do século 19 junto à Rua Riachuelo, em área onde havia casas.
O presídio chegou a abrigar mais de mil detentos e foi, durante décadas, um ponto de referência em Porto Alegre.
— Ele foi um dos maiores prédios construídos no século 19 e era o primeiro elemento que se conhecia da cidade aos que chegavam pelo Guaíba. Contam os cronistas que era um aviso para quem chegava à cidade: ou tu te comportas, ou vens parar aqui — conta o arqueólogo.



Alicerce do muro e da entrada do complexo da Casa de Correção foi desenterradoFoto: Diego Vara / Agencia RBS

Jacqueline Sanchotene, fundadora do movimento Viva Gasômetro, torce para que as fundações reveladas sejam, de alguma forma, expostas para o público tomar conhecimento de que ali tem história:
— Esperamos que o aspecto histórico dessa ponta, onde nasceu a nossa cidade, seja preservado, e o máximo de elementos arqueológicos que contém a Praça Júlio Mesquita sejam mostrados — diz Jacqueline.
A equipe de arqueologia que trabalha no local propôs à prefeitura municipal, na última semana, a exposição de algum marco que evidencie a estrutura encontrada, afinal, os buracos abertos no chão terão de ser fechados assim que o mapeamento for finalizado. De acordo com a Secretaria de Obras, ainda não há nenhuma decisão sobre isso.
Com a revitalização, a Praça Júlio Mesquita contará com um grande deque de madeira, quadra de futsal e de vôlei e brinquedos para as crianças, além de uma passagem de pedestres ligando a Rua Riachuelo à orla, de acordo com o engenheiro e coordenador da obra, Assis Arrojo. A obra se iniciou em maio, e a previsão é de terminar até outubro deste ano.
A aposentada Renee Rive de Oliveira, 82 anos, mora há 72 anos na Rua General Salustiano e cresceu observando a Casa de Correção em atividade. Ela comemora que o local que abrigava um presídio se transformará em uma praça com brinquedos e tudo:
— Vai ser muito bonito.

Casa de Correção e chaminé da Usina do Gasômetro Foto: Octacílio Freitas / Arquivo Pessoal
*Colaborou Bárbara Müller

17 junho 2016

Domingo tem caminhada!


Pessoal!

Domingo novamente teremos caminhada!  Nosso encontro acontecerá às 9 h 45 min próximo a chaminé da Usina do Gasômetro,  de onde partiremos em caminhada e prática de Yoga na Orla.

O programa "Yoga na Praça" provisoriamente "Caminhada" é uma ação do Movimento Viva Gasômetro em parceria com o Centro de Yoga Ganesha Puja que tem coordenação de Mercedes Bodê.

COMPAREÇAM!



09 junho 2016

Neste domingo tem: "Caminhada e Yoga" do Viva Gasômetro


Pessoal!

Nosso primeiro evento de caminhada e yoga em parceira com o Centro de Yoga Ganesha Puja foi ótimo! Então no próximo domingo repetiremos a dose.

A saída será novamente da Usina às 9h 45min deste domingo, depois partiremos em caminhada pela cidade e a prática de  yoga em um dos lindos parques da nossa Porto Alegre.

Compareçam!

Todos e todas são sempre bem vindos!

A atividade será coordenada pela instrutora de Yoga, Mercedes Bodê.

A reformulação da"nossa" praça, a Júlio Mesquita, está a pleno vapor, vários sítios arqueologicos sendo encontrados e valorizados, teremos uma linda praça, com espaço para todo e além disso valorizará a história de nossa cidade. Um luxo como todos nós merecemos!Estamos contentes com esta obra!